IGFSE
Instituto de Gestão
do Fundo Social Europeu

Rua Castilho, nº 5 - 6º, 7º e 8º
1250-066 Lisboa

T/ 21 359 16 00
F/ 21 359 16 03
E/ geral@igfse.pt

GPS
N 38°43'13"
W 9°08'58"

Localização
Google Maps

SISTEMA NACIONAL DE RECONHECIMENTO, VALIDAÇÃO E CERTIFICAÇÃO DE COMPETÊNCIAS - Portugal classificado na mais elevada posição pela Comissão Europeia em matéria de validação de aprendizagens informais e não formais

Portugal é um dos cinco países classificados na escala mais elevada no que respeita ao nível de desenvolvimento em matéria de validação de aprendizagens não formais e informais,

segundo o relatório da Direcção-Geral de Educação e Cultura da Comissão Europeia "Further measures to implement the action plan on adult learning - Updating the existing inventory on validation of non-formal and informal learning: Final report".

A posição de Portugal deve-se ao desenvolvimento do Sistema Nacional de Reconhecimento, Validação e Certificação de Competências (SNRVC), no âmbito das políticas de redução do défice de qualificação da população adulta, levadas a cabo pela Iniciativa Novas Oportunidades, lançada em 2005, com o apoio do Fundo Social Europeu.

O Relatório faz referência ao facto do SNRVC ter sido criado em Portugal em 2001, representando agora uma parte significativa das medidas implementadas, tendo em consideração o cumprimento dos objectivos estabelecidos pela Iniciativa Novas Oportunidades, designadamente o aumento do nível de qualificação da população portuguesa até ao 12.º ano.

A par de Portugal, ocupam esta posição a Finlândia, a França, a Holanda e a Noruega, no âmbito da avaliação da implementação de medidas e políticas de validação de aprendizagens informais e não formais em 34 países.

Esta publicação foi acompanhada por relatórios individuais, da responsabilidade do Centro Europeu para o Desenvolvimento da Formação Profissional (CEDEFOP) de cada um desses países. Aceda aqui ao Relatório sobre Portugal.

Consulte também o documento 2010 update of the European Inventory on validation of Non-formal and Informal learning: Executive Summary of Final Report by Jo Hawley, Manuel Souto Otero and Claire Duchemin

Fonte: Sítio da ANQ